Agora você sabe economizar?

Quando eu me formei economista em 2016, ao me parabenizar, meu pai brincou: “Agora você sabe economizar?”⠀⠀

Aposto que todo mundo já viu essa piada feita pra um economista, né?

Nessa época eu tinha 25 anos e trabalhava há 4 em um banco. Logo depois fui morar sozinha e me achava a verdadeira Jenna de “De repente 30”: Cheia de roupas, sapatos, maquiagens e “bem” empregada. Mas no meio de tudo isso, adivinhem qual era o meu ponto fraco? As minhas finanças! Eu vivia no cheque especial, contava antecipadamente com abonos, férias, participações de lucro, e o cartão de crédito e empréstimos eram meus fiéis escudeiros.⠀⠀

Lógico que por vergonha pouquíssimas pessoas sabiam disso, e pra mim se tornou normal ficar em um ciclo de consumo, culpa e angústia.

Até quem em 2018, em um processo de autoconhecimento eu pedi demissão. E pra minha

surpresa que imaginava que eu iria sair cantando: Let it go!!, eu senti um baque por não conseguir me reconhecer sem a rotina e a demanda daquele trabalho. ⠀⠀

Mas com um novo processo de autoconhecimento e de uma jornada de imersão no meu consumo e os gatilhos dele, eu me percebi empreendedora! Acompanhar as pessoas nessa jornada de reconhecer o valor do próprio dinheiro me fez me redescobrir como profissional e como ser humano.

Nesse processo, eu continuo amando “De repente 30”, mas agora ao invés de ficar presa nesse estereótipo da mulher bem sucedida, eu busco fazer do meu dinheiro o mesmo efeito daquele pozinho mágico que fez a Jenna voltar e finalmente casar com o Matt: a possibilidade de recomeçar, corrigindo a jornada enquanto ela acontece.

Por: @caca_ao_tesourofinancas



17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo