Cabelos brancos, coragem ou curiosidade?

Outro dia uma amiga me contou que seu filho pediu pra vê-la de cabelos brancos, nem que fosse uma única vez e a justificativa dele era: a mãe do Luca 🙋🏻‍♀️, fica super bem!

.

Curiosidade!

.

Mas e o processo de parar de tingir, de aguentar quase um ano de cabelo bicolor, de se questionar se vale a pena mesmo? Coragem?

.

No meu caso, foi a sensibilidade do meu marido em perceber que eu estava completamente infeliz com meu cabelo e como aquilo me afetava emocionalmente.

.

Toda vez que ele via uma mulher de cabelos brancos, comentava como achava legal, em como era estiloso, etc... Até que eu decidi que entraria nos 40 anos de cabelos grisalhos.

.

Meu processo começou ficando bem loira e demorei quase um ano para tirar toda a tinta do cabelo.

.

Foi mega sofrido, eu não tinha coragem de me olhar no espelho, não me reconhecia!

.

Ao mesmo tempo que eu me sentia forte pela minha decisão, chegava nos lugares achando que todos estavam me olhando e me julgando... juro, parecia que eu andava como uma seta apontada para minha cabeça.

.

Mas eu fui firme pq pensava: se eu cheguei até aqui, não dá mais pra voltar atrás.

.

Eu descobri meu 1° fio branco aos 14 anos, então, nunca nem me foi dada a opção de não tingir meu cabelo... fazer essa escolha agora, ainda jovem, tb me parecia levantar uma bandeira pra tudo o que eu acredito... da gente não ter que seguir padrões, de que a beleza pode e deve ser diversa, e de que a gente precisa ter novas referências.

.

Queria eu ser exemplo, queria eu mostrar para outras mulheres que é possível ser interessante, feminina, até sexy, mesmo de cabelos grisalhos!

.

Hoje, entre curiosidade e coragem, talvez eu opte pela coragem, mas para que no futuro, para outras mulheres não passe de curiosidade... aquela mesma que faz a gente querer se ver loira, ruiva ou morena.




3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo